CLEAN GENEALOGY

Clean Genealogy é um projeto internacional presente em mais de 20 países da Europa, Ásia, Oceania e Américas, no qual o Gatil Forest Passion tem a honra de participar.

Trata-se de um grupo de criadores do mundo inteiro com o mesmo objetivo: Manter os gatos siberianos na sua essência mais aborígene, preservando o seu genótipo e fenótipo de raça natural, sem a interferência humana e sem cruzamentos com a raça Neva Masquerade.

O grupo é formado por biólogos, veterinários, geneticistas, etologistas e  também por criadores como nós, que estudam a raça e fazem disso um hobby. Todos temos algo em comum: a paixão pelos gatos siberianos!

Neste projeto, todos os acasalamentos devem ser realizados sem endogamia e sem cruzamento em linha.

Para todo gatil membro, é obrigatória a participação no programa de saúde do Pawpeds. Neste programa, os gatos reprodutores devem fazer exames cardiovasculares anuais em veterinário credenciado, para detectar qualquer indício de HCM (cardiomiopatia hipertrófica), que é a doença mais comum nos siberianos, principalmente os da cor golden. Se detectado qualquer problema, o gato é retirado da reprodução. Os resultados dos exames ficam disponíveis no Pawpeds para consulta.

Por tratar-se de uma raça natural é primordial que as diretrizes do projeto sejam seguidas, visando preservar o fenótipo, não surgir doenças genéticas e também para manter a sua condição de gato hipoalergênico.

Não é necessário ir muito longe para ver as mudanças ao longo de décadas, em raças de cães como pug, boxer, bulldog e pastor alemão, que foram acasalados indiscriminadamente por criadores, apenas com a intenção de satisfazer juízes de competições ou simplesmente para vender mais.

Essas raças de cães ficaram com focinhos curtos demais dificultando a respiração, adquiriram doenças cardiovasculares e obesidade (pugs, bulldogs, boxer). No caso do pastor alemão, os juízes premiam os cães que tem as patas traseiras cada vez menores e a garupa inclinada, isso trouxe à raça doenças genéticas como a displasia de quadril e coxo femural.

No mundo dos gatos, isso também já ocorre em algumas raças, infelizmente.

No caso dos siberianos, o projeto ‘Clean Genealogy’ teve início com o objetivo principal de diminuir ou eliminar na raça, um gene estrangeiro (que não pertence naturalmente à raça), o gene siamês colourpoint (cs) – um tipo de gene parcialmente albino que deixa o gato com cores apenas nas extremidades, como um gato siamês.

Vamos tentar explicar resumidamente como se deu o surgimento deste gene entre os Gatos Siberianos. Para mais detalhes, visite o site do projeto traduzido em português.

Se você leu a seção História da Raça, já sabe que os siberianos são uma raça natural e que são documentados há mais de mil anos, no entanto, não eram reconhecidos em federações de gatos domésticos.

Somente na década de 80/90 após a guerra fria, a Rússia abriu as portas para o mundo e vender um gato originalmente russo tornou-se um negócio para muitas famílias.

Gato Siberiano – Chernomor Sibirskoe Ocharovanie

Após o registro da raça, o siberiano começou a ser exportado, entretanto, alguns criadores russos o achavam um gato comum demais e com o objetivo de aumentar as vendas, começaram a cruzá-lo com raças portadoras do gene colourpoint (como balineses, thailandeses e siameses), dando origem à raça Neva Masquerade.

Esses cruzamentos propositais, foram responsáveis por introduzir o gene colourpoint na linhagem de alguns Siberianos. Nessa mesma época, houve até cruzamentos experimentais de Siberianos e Nevas com gatos Persas, com o objetivo de aumento na pelagem, conforme comprova essa matéria do doutor em genética e criador de Siberianos, Alex Kolesnikov.

O clube de criadores russo Kotofei, na figura de sua presidente a Sra. Olga Mironova e cia, conseguiram que o Neva Masquerade fosse registrado como um “siberiano colourpoint”, a contra gosto de muitos criadores tradicionais. Estes desejavam que o Neva fosse reconhecido como uma raça nova, à parte dos siberianos tradicionais.

A partir de então houve uma divisão entre os criadores de siberianos. Os criadores puristas que não aceitam o Neva Masquerade como um Siberiano, mas sim uma mistura de raças e os criadores modernos que cruzam Siberianos e Nevas indiscriminadamente.

Atualmente, as principais federações de gatos domésticos do mundo já reconhecem Siberianos e Nevas como raças distintas, porém “irmãs” e permitem o seu cruzamento, no entanto, nós acreditamos que uma raça natural não deve em hipótese alguma sofrer interferência humana e/ou de genes estrangeiros, por isso, nós fazemos parte dos criadores tradicionais ou puristas que defendem o cruzamento de Siberiano x Siberiano e Neva x Neva.

Inteligentemente os criadores das outras raças naturais existentes (Maine Coons e Noruegueses da Floresta), nunca permitiram que o gene colourpoint fizesse parte ou fosse introduzido nessas lindas raças.

Considerando as pesquisas e levantamentos realizados, fica nítido que estes cruzamentos foram efetivados pelos russos por questões puramente comerciais, sem avaliar a consequência que este tipo de gene albino poderia trazer para o patrimônio genético e para o futuro dos gatos siberianos.

” Infelizmente os criadores puristas ainda são uma minoria, pois a maior parte só vende gatos pensando em obter lucro, sem paixão e sem o conhecimento de técnicas básicas de genética como cruzamento em linha e endogamia…

…Quem quer passar horas fazendo pesquisas sobre cada linhagem, procedência de cada gato, onde evoluíram, como foram apresentados, como viveram, como morreram?…       

…O ponto mais importante em todo esse assunto, é que os criadores de Neva precisam deste cruzamento com o siberiano tradicional  para manter o padrão da raça, e com isso, inúmeras linhagens de siberianos tradicionais estão sendo comprometidas com essa mistura, a ponto de colocar em sério perigo toda a genética dos siberianos tradicionais.
– Se não cuidarmos, todas as linhagens, velhas e novas, serão misturadas com os Nevas.” – 
 
Afirma Daniela Barros, criadora de Siberianos Tradicionais na França e uma das mais influentes da Europa.

Apesar dos criadores puristas ainda serem uma minoria, o grupo ‘Clean Genealogy’ possui os Gatos Siberianos com a maior diversidade de linhas genéticas no mundo.

‘Clean Genealogy Project’ é muito mais que saúde, pureza sanguínea e originalidade da raça… É um amor incrível por esses felinos fantásticos, milenares, quase selvagens! Não podemos permitir que esta linda raça se perca, seja manipulada ou até extinta por meros caprichos humanos!!

Opinião do Gatil Forest Passion: Os “Nevas Masquerades” são uma raça de gatos maravilhosa!  Apenas não concordamos com o acasalamento de Nevas com os Siberianos tradicionais. 

Visite a página de apresentação do projeto em português:

ARTIGOS DO PROJETO EM INGLÊS:

Questão sobre o Neva Masquerade

Siberianos e Nevas, como era?  Por Elena Shevchenko, Presidente da Associação Internacional de Felinologia (Rússia).

Artigo de Olga Mironova sobre o surgimento do Neva e cruzamentos com outras raças.

Nossas Escolhas são feitas com base na Ciência

Carta a um Amigo Por Daniela Barros, criadora de Siberianos na França e Etologista de Gatos Domésticos

Como usar o Pawpeds e ver a quantidade de Nevas num Pedigree

Artigos de Alex Kolesnikov, PhD em genética molecular e um dos mais respeitados criadores de Siberianos na Rússia:

Um Exílio Siberiano para os Siberianos: Eles nunca vão Voltar?

Quanto tempo dura o isolamento?

Gato Siberiano: Sem Máscaras 

 2,417 total views,  4 views today